2 dicas de saúde que toda população de Criciúma deveria fazer

Segundo o IBGE, Criciúma conta com mais de 200.660 habitantes, sendo a cidade mais populosa do Sul Catarinense.

Com isso o povo de Criciúma tem o dever de cuidar da saúde. É exatamente por isso que o artigo de hoje é para passar algumas dicas de saúde que todo cidadão de Criciúma deve fazer para melhorar sua saúde e aumentar sua expectativa de vida.

1- Consumo de fibras

FibrasTer uma dieta rica em fibras deveria ser uma obrigação para toda população de Criciúma. Isso porquê a fibra combate a pisão de ventre, aumenta a saciedade e diminuem a absorção de açúcares e gorduras, ajudando no combate à diabetes e colesterol alto.

As fibras estão presentes em várias partes dos vegetais e nas frutas. Ao consumir bastante alimentos ricos em fibras é importante beber bastante água para mobilizar o bolo fecal, facilitando sua saída.

No Codigo Emagrecer de Vez funciona por mostrar quais alimentos e nutrientes consumir em uma alimentação saudável.

Existem dois tipos de fibras alimentares, a solúveis e insolúveis. As fibras solúveis como se dissolvem na água formam um gel e permanecem mais tempo no estômago dando assim uma maior sensação de saciedade.

As fibras insolúveis aceleram o trânsito intestinal e aumentam o volume de fezes pois permanecem intactas por todo o trânsito intestinal melhorando a prisão de ventre, e ajudando a diminuir o aparecimento de hemorroidas e inflamações do intestino.

2- Diminuir o consumo de óleo vegetais

Óleos vegetaisOs óleo vegetais é composto de gorduras poli-insaturadas (o mais altamente reativo tipo de gordura), o que lhes deixa propenso à oxidação e à produção de radicais livres quando exposto ao calor e luz.

Óleos poliinsaturados processados são os mais inflamatórios dentro de nossos corpos devido à sua elevada reatividade ao calor e à luz. Essa inflamação é o que ajuda a causar muitos problemas internos tais como doenças cardíacas, câncer e outras doenças degenerativas.

Além disso, os óleos vegetais não trazem problemas apenas para a saúde, mais também para o meio ambiente. Isso porquê um litro de óleo pode contaminar até 20 mil litros de água quando jogado diretamente na pia.

Com isso, o ideal é fazer frituras com óleos que são estáveis, e não oxidam ou se tornam rançosos facilmente e que claro, não prejudicam o meio ambiente.

Óleo de coco, azeite de oliva, óleo de abacate e gorduras animais (banha de porco, sebo) sãos os melhores ingredientes para se cozinhar em altas temperaturas.

O óleo de coco, por exemplo, é muito resistente à temperaturas elevadas, além de ter muitos outros benefícios tanto para a saúde, como para emagrecimento.

Para ficar por dentro do que acontece sobre a saúde em Criciúma, acesse:

http://www.cmscriciuma.com.br